Frio ajuda emagrecer?

Inverno é a estação do ano mais propícia ao emagrecimento
Frio ajuda emagrecer?Christine Neves, nutricionista que atende no eSPAço Aono, afirma que o gasto energético do organismo para manter a temperatura corporal aumenta de 20% a 30% nesse período. “Se houver o consumo equilibrado de alimentos, as pessoas podem até emagrecer“, defendeO inverno ‘instiga’ o consumo de alimentos energéticos. No entanto, as temperaturas mais frias são aliadas para o emagrecimento. A observação é da nutricionista Christine Neves do eSPAço Aono – spa urbano instalado no bairro paulistano de Jardim Paulista. “No frio, o gasto energético do organismo aumenta de 20% a 30%. Se houvesse o consumo equilibrado de alimentos, é possível emagrecer. Isso acontece porque usamos nossa reserva de gordura para auxiliar na manutenção do equilíbrio da temperatura corporal, entre outras funções do organismo”.

Porém, no dias mais frios, as pessoas parecem não resistir ao fondue, ao chocolate quente e sopas cremosas, entre outros alimentos que têm a cara do inverno. “Eles dão a sensação, a quem os consome, de estarem mais aquecidos”, observa Christine. “O exagero, porém, resulta em aumento significativo de peso”.

A nutricionista alerta que é preciso cuidar da alimentação o ano todo, independentemente da estação do ano. “Aqueles que conseguem manter uma alimentação balanceada conseguem, por exemplo, deixar o organismo mais resistente a problemas frequentes do inverno como gripes e resfriados”.

Para manter o peso, o gasto de energia deve ser maior do que seu consumo, a partir de uma alimentação saudável e equilibrada. Além da dieta, a nutricionista reforça a importância da prática de atividade física. “Exercícios ajudam a manter o peso ou, dependendo de sua intensidade, a diminuí-lo e queimar gordurinhas indesejadas”.

Mas, em termos de hábitos alimentares, o que fazer para suprir o gasto energético – maior no inverno – sem cometer o famoso “pecado da gula” e evitando o consequente aumento de peso? Seguem algumas dicas da nutricionista Christine Neves:

  • Fracione as refeições: não fique mais de 3 horas sem se alimentar!
  • Dê preferência a alimentos com menos quantidade de gordura em sua constituição. Por exemplo, substitua queijo amarelo por queijo branco e leite integral por leite desnatado;
  • Sopas à base de legumes e verduras são menos calóricas, mas se, entre os ingredientes, não puder evitar creme de leite e leite, por exemplo, substitua-os pelos formatos light ou iogurte desnatado, igualmente saboroso e mais rico em nutrientes;
  • Utilize alimentos ricos em fibras (legumes, verduras e cereais como aveia, gérmen de trigo), pois, além de ajudar a regularizar a função intestinal, mantêm os níveis do colesterol e promovem maior sensação de saciedade;
  • Substitua carnes mais gordurosas pelas magras, como alcatra, coxão mole, peito de frango, peixe de carne branca etc.;
  • Evite doces à base de cremes e chantilly: dê preferência a frutas ou doces feitos com frutas, sem adição de açúcar;
  • Evite o consumo de açúcar e prefira substituí-lo por adoçante;
  • Evite molhos ricos em gorduras para acompanhamento de massas: substitua-os por molhos à base de tomate.
  • O chá servido bem quente ajuda a dar uma sensação de aquecimento ao organismo; chás verde, branco e de hortelã ajudam também na digestão: beba uma xícara após a refeição.

Fonte: Segs

Interessante mas na prática é difícil. Emagrecermos no inverno é uma luta. Entendo que o corpo trabalhe diferente e tal, estimulando uma maior queima calórica. Mas em contra-partida, quem quer comer numa noite fria uma saladinha se uma sopinha quente ou uma massa deliciosa pode nos aquecer mais? rsrsrs complicado!!!

Bjs

Isa

Share This Post

Related Articles

Leave a Reply

*

© 2018 Eliminando Peso. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Powered by WordPress · Designed by Theme Junkie