22 dicas para você persistir na dieta

Mudando hábitos errados, você nunca mais vai desistir no meio do caminho

Que atire a primeira pedra quem nunca começou e parou várias dietas. “A persistência é, ao mesmo tempo, o segredo e o maior desafio de quem vive na luta contra os quilos a mais. Por isso, o acompanhamento profissional é tão importante. Ele dá aquele incentivo extra, que faz a diferença na hora de respirar fundo e continuar com o cardápio balanceado”, orienta Sonia Trecco, nutricionista-chefe do Serviço de Atendimento Ambulatorial do Hospital das Clínicas.

Alguns macetes, que podem até parecer bobos, também ajudam a controlar a boca. “Descansar os talheres entre uma garfada e outra e fazer um diário anotando tudo o que come diariamente são bastante úteis, principalmente nas fases mais críticas”, ensina a nutri (veja mais dicas abaixo).

Quando o ato de comer, no entanto, transforma-se num vício a melhor saída é buscar ajuda de um psicólogo. “As pessoas não engordam por acaso”, diz a psicanalista Andreneide Dantas, da Clínica Escuta Analítica. “É importante questionar quando você começou a engordar e por quê. Reparo que muitas mulheres engordam depois que têm filhos, por exemplo. Muitas vezes, isso acontece porque elas passam a assumir só o papel de mãe e se esquecem de que são mulheres”.

Quando emagrecer vira um desejo real, e não um disfarce para alguma outra vontade a perda de peso é certa. Isso porque não vai existir sorvete com cobertura ou picanha na brasa que consiga derrotar o seu empenho contra a balança.

Um outro truque que ajuda a encontrar motivação naqueles momentos mais críticos é recorrer a um álbum de fotografias. “Assim que decidir fazer um regime, tire uma foto sua. E vá repetindo os cliques uma vez por mês, fica muito mais fácil notar a diferença e seguir adiante”, sugere a psicanalista.

Com ajuda dela e da nutricionista do Hospital das Clínicas, separamos uma série de dicas que vão ajudara você a respirar fundo e seguir adiante. Sem cara feia ou muxoxo.

1 – Comece fazendo um diário de tudo o que come diariamente e avalie se tudo o que ingere é realmente necessário.

2 – Pense se você não está comendo para preencher algum vazio existencial . Se achar que sim, procure uma maneira de solucionar o problema. “Banhá-lo” de chocolate ou caramelo só complica a sua situação.

3 – Procure sua nutricionista a cada 20 dias, para que ela possa acompanhar o desenvolvimento da sua dieta. “Digo sempre que, no mínimo, 50% da dieta, o paciente tem que cumprir” , afirma Sonia Trecco.

4 – Compre aquele aparelhinho chamado podômetro (que mede os passos) e coloque-o na cintura diariamente. O ideal é caminhar de 10 a 12 mil passos. Vale todas as possibilidades de se exercitar, como subir escadas ou parar o carro mais longe quando for ao trabalho.

5 – Coloque na sua cabeça que caminhar todo dia um pouquinho vai fazer bem não só para a sua dieta, como para a sua saúde. Para quem está muito acima do peso, o ideal é começar devagar, caminhando cerca de 10 minutos por dia, aumentando gradativamente.

6 – Toda vez que for comer, lembre-se de que você está fazendo uma degustação e, por isso, precisa mastigar devagar, sentindo o sabor dos alimentos. Entre uma garfada e outra, descanse os talheres.

7 – Não coma no sofá ou em frente ao computador ou da tevê. Lugar de se comer é à mesa, onde você presta atenção nos alimentos e evita exageros.

8 – Nunca coma com as mãos (por exemplo: salgadinhos, amendoim, bolacha etc) porque assim não é possível ter a noção certa de quanto está consumindo. Até fruta oriento para que seja picada e colocada num prato , orienta Sonia Trecco.

9 – Lembre-se sempre de que não é possível dormir gordo e acordar magro. Você demorou meses e, às vezes, até anos para engordar. Também vai demorar um pouco para emagrecer. Mas nada de desanimar.

10 – Não existe fórmula mágica. Mas pode reparar: fazendo tudo certinho, todos os dias você enxuga um pouquinho da barriga.

11 – Aquela velha lição continua valendo: faça de quatro a cinco refeições diárias, intercalando com frutas.

12 – Muita salada ajuda a enganar o estômago e comer menos nas refeições. Procure verduras e legumes que você goste e não sejam muito calóricos. Oriente-se pela cor dos alimentos, ou seja, quanto mais variado, melhor.

13 – Tome muita água durante o dia. Mas entre as refeições, e não durante. Os líquidos em excesso dificultam a digestão. Em excesso. Um copinho de refrigerante light, do seu suco favorito ou de água está liberado.

14 – Se aparecer um programa que inclua pizza, não precisa sair correndo. Procure diminuir a quantidade. “Em vez de quatro pedaços, coma dois, e prefira as menos calóricas como de mussarela ou de verduras” , aconselha Sonia Trecco.

15 – O mesmo vale para os doces. Se der aquela vontade desesperada de comer um quindim, não adianta substituir por uma maçã, porque a vontade vai permanecer. Então, o ideal é comer um pedaço bem pequeno do seu doce preferido. Porém, evite ter um estoque de doces em casa. Se der vontade, saia para comprar. Pode ser até que a preguiça seja maior que a vontade e aí você desista.

16 – Não fique se achando a pior pessoa do mundo porque está sentindo fome no início da dieta. Dá fome mesmo. Então, use os truques acima para persistir.

17 – Procure comer nos horários corretos para disciplinar o seu organismo e não sentir fome o dia todo.

18 – Tenha sempre à mão alimentos como tomate, pepino, pedacinhos de queijo branco ou frutinhas picadas. Eles são ideais para enrolar a fome. Procure levar para o trabalho uma fruta, barra de cereais ou torradas.

19 – Mesmo que esteja atrasada, não pule nunca o café da manhã nem as outras refeições.

20 – Nunca entre em casa pela porta da cozinha. Ao chegar do trabalho, o melhor é ficar na sala, tomar um banho, relaxar e só então fazer a refeição.

21 – Se é o seu primeiro regime, recorra às dicas da psicóloga. Colocar uma foto, em que você aparece gorda, na porta da geladeira é um estímulo poderoso.

22 – Vá tentando diariamente experimentar aquela calça que você tanto gosta e não te serve. Pense que você logo, logo vai conseguir entrar nela.

Fonte: Minha Vida

Share This Post

Related Articles

4 Responses to “22 dicas para você persistir na dieta”

  1. Apesar do post ser antigo, gostei muito e me parece muito atual. Gostei da dica do diário. Eu já comprei meu caderninho pra começar as anotações. Obrigada

  2. Mauricio disse:

    A motivação para persistir na dieta é fundamental. Escrevi aqui http://comeceaemagrecer.com.br/nunca-desista-emagrecer/ um artigo que espero que ajude quem está pensando em desistir da dieta. Vale lembrar que a diferença entre o vencedor e o perdedor é que este apenas desistiu na hora da dificuldade.

  3. Calcio disse:

    Persistir na dieta não é fácil.
    Eu só consegui manter o ritmo e perder peso quando usei os produtos da Herbalife que me mantiveram sem fome e com boa disposição.

  4. julia disse:

    Eu nunca sei o que escrever no campo site/blog por isso se alguem souber por favor me diga.
    Mas estas dicas deste site foram as melhores que eu ja vi, claro que com minha pouca experiencia em internet não li muitas coisas, mas voces estão de parabens.
    julia – Bangu RJ

Leave a Reply

*

© 2017 Eliminando Peso. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Powered by WordPress · Designed by Theme Junkie